Anna Lou Olivier Nacional

Publicando hoje, a notícia de amanhã

Desde 1997 no ar - Since 1997 in the air - Desde 1997 en el aire - Depuis 1997, dans l'air.




Resumo de Biografia:

Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) - Multiterapeuta, Psicopedagoga, Psicoterapeuta, Especialista em Medicina Comportamental, Bacharel em Artes Cênicas e Artes Visuais. Detectora do Distúrbio da Dislexia Adquirida causada por anoxia geral ou perinatal (hipóxia neonatal), introdutora do Método de Brinquedoteca aliada à Aprendizagem, Precursora da Multiterapia e Criadora do Método Terapia do Equilíbrio Total/Universal. Como Acadêmica tem vários artigos publicados em Português e em Inglês, tendo participado como palestrante de importantes congressos internacionais. É Pioneira da TV brasileira e da Música mundial (foi a primeira criança no mundo a gravar um vinil profissional com apenas dois anos e nove meses e lançá-lo com três anos de idade). Atualmente é também Dramaturga e Escritora (vários gêneros), autora de doze livros didáticos, doze contendo romances, uma trilogia, mais de 700 poesias publicadas e tendo duas de suas peças dezoito teatrais já encenadas em todo o Brasil e em Portugal.  Sua biografia consta em livros oficiais como Enciclopédia de Literatura Brasileira - Volume I, Livro Brasil de todos os povos/São Paulo, sua Historia, seus monumentos - Destaques e Personalidades, Dicionário de Mulheres entre outros.

Continue lendo, currículo resumido, Anna Lou Olivier (descrita por ela mesma) e Vivências e Autobiografia com breve descrição, algumas crônicas e alguns textos autobiográficos liberados para leitura grátis e online.




Currículo resumido:

* Mestrado Especial em Ciências Humanas,
* Duas especializações em Dependência Química,
* Especialização em Medicina Comportamental com ênfase em Autismo,
* Pós Graduação em Psicologia Clínica, ênfase em Distúrbios de Aprendizagem,
* Pós Graduação em Psicopedagogia, ênfase em distúrbios causados por anoxia,
*Extensão Universitária em Musicoterapia, ênfase em Autismo e Síndrome de Down;

*Extensão Universitária em Neuropsicologia, ênfase em Paixões Obsessivas e TOC;
*Bacharelado em Artes Cênicas;
*Graduação em Artes Visuais;
*Pedagogia/Magistério com licenciatura plena para ensino fundamental e médio;
*Magistério com especialização em pré escola;

Cursos livres em: 

Psicanálise Clínica,
Arteterapia,
Dramaturgia,
Psicodrama,
Roteiro cinematográfico,
Diversos cursos de Artes (Canto Lírico e Popular, Dança em diversas modalidades (Ventre, Flamenco, Tribal, balé clássico e contemporâneo e Técnicas de Dramaturgia)

Acesse currículo Lattes, clicando aqui




Anna Lou Olivier (Lou de Olivier) 
descrita por ela mesma


Sou pesquisadora brasileira, mais conhecida pelo pseudônimo Lou de Olivier, recentemente passei a me assinar: Anna Lou Olivier. Eu fui uma artista, cantora e bailarina, pioneira da TV brasileira e da música mundial até os dezesseis anos quando me afoguei no mar. Por causa deste acidente eu perdi a memória, fiquei sem memória por um ano e meio, perdi a capacidade de leitura em português e perdi a fluência que eu tinha em idiomas Francês e Inglês. Fui examinada e testada por vinte e cinco especialistas e ninguém descobria o que tinha acontecido comigo. Assim eu fui pesquisar sozinha. Eu dependia de amigos que liam os livros para mim, porque eu não lia mais nada em nenhum idioma, mas eu ainda conseguia escrever bem em Português. Assim, comecei a escrever diários para relembrar tudo que eu fazia, apesar de não conseguir ler o que eu mesma tinha escrito. Fui fazer teatro na comunidade judaica e, além de escrever minha primeira peça teatral “Eu inteiro, metade de mim”, eu passei a pesquisar Dislexia, foi quando criei este termo “Dislexia Adquirida” e eu ia frequentemente aos médicos e alguns congressos informando que eu tinha dislexia adquirida, mas todos zombavam de mim, ninguém acreditava no que eu afirmava. Então eu segui pesquisando sozinha, com ajuda de amigos. Ao mesmo tempo eu estudava Magistério (hoje equivale a Pedagogia). Alguns anos depois, eu fui para a primeira faculdade onde estudei Artes Visuais, Artes Cênicas e Musicoterapia aplicada no tratamento de Autismo e Síndrome de Down e comecei a desenvolver a Multiterapia, uma técnica que se adapta a cada paciente de acordo com seu caso. Segui estudando Psicanálise Clínica, Neuropsicologia e Psicopedagogia. Então eu liguei meus sintomas do afogamento com uma anoxia que tive durante este acidente. Foi quando me preocupei com os bebês que sofrem anoxia durante o nascimento, porque se eu com dezesseis anos tive tantas sequelas, imaginem os bebês que são bem mais frágeis. Passei a estudar anoxia perinatal, mas também estudei paixões obsessivas, Transtorno Obsessivo-Compulsivo e outros distúrbios.


Após estes estudos me senti preparada para começar a publicar minhas descobertas, comecei a escrever artigos em jornais de bairros e revistas especializadas no Brasil em 1995, em Portugal e Inglaterra a partir de 1999. Aprimorei a Multiterapia, técnica quer criei e insisti na defesa da Dislexia Adquirida, especialmente por anoxia perinatal. A partir de 1996 também passei a pesquisar e aprimorar o uso de brinquedos, brincadeiras e jogos no tratamento de Autismo e como auxiliar na alfabetização de crianças com dislexia e realfabetização de portadores de Dislexia Adquirida. Juntei a Brinquedoteca com a Multiterapia que eu desenvolvi. Especializei-me em Medicina Comportamental com ênfase em Autismo e cursei duas pós graduações em Dependência Química. Reuni todo este conhecimento e vivências adaptadas à Multiterapia. Durante minha vida até hoje, sofri outros acidentes, tive outras sequelas, mas sempre me empenhei em descobrir as curas e tudo que eu descobria, eu englobava à Multiterapia. Assim, a técnica de Multiterapia tornou-se eficaz por englobar diversas áreas e técnicas e por englobar minhas vivências pessoais adaptadas aos pacientes, por adaptar-se a cada paciente de acordo com suas necessidades, por tratar o paciente como um ser indivisível, de forma holística e por considerar, além do físico e do psicológico, o mental, o energético e o quadro clínico geral. Em nível pessoa, estudei e ainda estudo História, Arqueologia, Teologia e Física Quântica e procuro adaptar estes estudos aos conhecimentos científicos.


Tudo isso está englobado na Multiterapia que aplico, que tem bons resultados em tratamento de Distúrbios de Aprendizagem, em especial, Dislexia e Dislexia Adquirida, porque adapta a alfabetização e realfabetização com sons diversos, recursos de áudio e vídeo, vivências experimentais, técnicas teatrais, dança e música. Além disso, adapta-se a cada paciente de acordo com a sua necessidade e por isso traz um bom resultado em um curto tempo.


A Brinquedoteca por sua vez, trata diversos distúrbios de aprendizagem e de comportamento utilizando-se de brinquedos e brincadeiras. 

Vivências e Autobiografia   
  

Talvez pareça estranho que eu tenha publicado diversos textos autobiográficos (sendo todos de minha própria autoria, ninguém escreveu por mim) e relatando tantos segredos que qualquer pessoa guardaria "a sete chaves", eu ainda estando viva (em geral autobiografias fazem sucesso quando são publicadas pós morte), mas a explicação é simples. Quando ganhei os prêmios na Inglaterra (em 2001/2002) fui procurada por diversos "ghostwriter" (escritores fantasmas) oferecendo-se para escrever minha biografia. Eu me senti muito lisonjeada e já estava contratando um deles quando constatei: " Mas, se eu sou uma Escritora, inclusive premiada na Inglaterra por meus escritos, eu mesma posso escrever minha autobiografia". Foi assim que, na época do disquete, eu iniciei uma história que preencheria nada menos do que 17 disquetes pois envolvia também a história de meus pais.  Ao terminar de escrever a história que eu levaria ao mundo, decidi viajar para os lugares onde meus pais moraram e por onde eu havia passado. Foram grandes descobertas e aventuras até que cheguei à pequena cidade do interior de São Paulo e soube, de imediato, que "meu anjo loiro" tinha morrido. E justo no local onde ele jurou que daria a vida dele para mim... Naquele momento, o chão se abriu aos meus pés e eu percebi que tudo que eu tinha escrito era nada. Voltei a São Paulo e escrevi "O Anjo Loiro", escrevi textos em homenagem ao meu pai,  "Pai Herói",  mãe "Mãe Atriz", irmão "Mano Erasmo" e a poesia "Autobiografia",  anos mais tarde eu escrevi crônicas sobre algumas de minhas amigas como  a Núbia, a lutadora, a Rose e a Mana Grace e  comecei a escrever "O Predestinado" (a história de meu pai) que até hoje não terminei e, em 2013,  ao reencontrar minha turma de teatro Universitário e da primeira faculdade, eu escrevi "A Irmandade"... Recentemente, escrevi sobre a melhor babá e segurança que eu tive na minha infância,  Kanka. Não sei o que farão da minha história, quando eu partir deste planeta mas, enquanto estou aqui, são estes os textos que eu autorizo que sejam lidos e divulgados. Leia grátis esses textos, clicando nos links acima ou  clicando aqui